4 Dicas de beleza associadas à qualidade de vida e sustentabilidade

Flor

por Deborah Munhoz*

A melhor forma de manter sua pele saudável   é prevenir e evitar   que sua saúde seja ameaçada por fatores internos e externos.  Seguem algumas dicas básicas que merecem atenção para que você se lembre de que pode cuidar de sua beleza  e qualidade de vida ajudando  também a cuidar  da saúde do planeta:

1 – Cuidado com a Qualidade do Ar – Nossa pele absorve vários poluentes que estão na atmosfera. As  folhas das árvores  são capazes de absorver  vários destes poluentes.    Se você valoriza uma pele limpa, proteja as áreas verdes de sua cidade.  Incentive o plantio e cultivo de parques, praças  e jardins.

Nas cidades, os carros são as principais fontes de poluição que vão parar nos seus poros e cabelos. Por isso, é importante que você mantenha  o motor do carro regulado e cobre das companhias de transporte público a  regulagem periódica do motor dos ônibus para evitar a sujeira do ar das cidades. Aliás, o ideal é que migremos para o transporte público de qualidade e multimodal que envolve não só ônibus de qualidade mas ciclovias para a bicicleta, o serviço de compartilhamento de carro,   táxi e metrô.

2  – Qualidade da Água – A melhor forma de manter sua pele hidratada é ingerindo água em quantidade e qualidade adequada.  Se você valoriza a hidratação de sua pele é natural que passe a valorizar a  preservação das áreas que funcionam como  locais de infiltração da água da chuva. Exemplo: ruas e condomínios com calçamentos e pisos permeáveis, topos das montanhas, lagos, lagoas, rios, parques, praças, hortas…   inclusive  na área do quintal  do lugar onde você mora.   Também valoriza tecnologias construtiva e a arquitetura que favorece a infiltração da água no ambiente construído além de técnicas de plantio que não envenenem a água com agrotóxicos ou fertilizantes.

3 –  Qualidade da Terra – Tudo o quê comemos se transforma em nosso corpo. Se a terra está nutrida, os alimentos estão ricos em nutrientes e a pele fica saudável  a partir de nossa alimentação. A melhor forma de manter sua pele nutrida é através da alimentação natural. Sempre que possível, prefira  alimentos  produzidos através da cultivos naturais – isto é, sem fertilizantes artificiais nem agrotóxicos e não transgênicos. Priorize  a produção da agricultura orgânica, de sistemas agroecológicos e biodinâmicos.

Mas se não tiver  acesso aos orgânicos,  pesquise entre os sacolões próximos de sua casa ou trabalho aqueles que vendam produtos de pequenos produtores. Mesmo que eles não sejam orgânicos, você observará que  tais alimentos possuem mais sabor e cheiro. Isso é um indicador que a “bagagem nutricional “ destes alimentos está mais completa.

E como saber se eles são de pequenos agricultores? É simples:  eles geralmente não são  uniformes como os alimentos de grandes produtores.  Podem ser grandes, mas não do mesmo tamanho, como uma produção em série. (Já reparou que batatas, laranjas e ovos de grandes produtores possuem quase  o mesmo tamanho?) Nas  formas  mais naturais de cultivo, os vegetais não são tratados como commodities (mercadorias padronizadas para consumo) e por isso seu aspecto é variado.  Vale lembrar que comprar dos pequenos agricultores é uma forma de distribuir renda. É o lado de responsabilidade social da beleza que fica escondido.

4 – Qualidade da Energia –  Previna e amenize marcas de expressão cultivando um jardim mental e um coração brilhante

Uma mente tumultuada, cheia de pensamentos negativos e um coração aflito naturalmente contraem a musculatura do rosto  e do corpo além de afetar negativamente a bioquímica do seu corpo  Ter momentos de raiva, tristeza, decepções fazem parte da nossa trajetória.  Conservar nossa mente e coração  presos a eles é gastar energia à toa.

Não podemos controlar o que acontece em nossa vida, mas podemos escolher o que fazemos a partir do que acontece. Você já viu alguém resolver algum problema pensando no problema? Para resolver, temos que mudar o padrão,  focar na solução.

Como lembrou Einstein: Os problemas significativos com os quais nos deparamos não podem ser resolvidos no mesmo nível de pensamentos em que estávamos quando eles foram criados.”

Então, pratique o desapego de crenças, sentimentos, estados mentais limitantes. Não desperdice energia nem marque o seu rosto nem seu corpo. Invista em autoconhecimento. E  uma boa terapia  também ajuda.  Enfim, vale tudo o que cultive o bom humor e a leveza, porque, afinal,  para isso não há maquiagem que resolva!

*Deborah Munhoz é palestrante especializada  em Gestão da Qualidade de Vida & Sustentabildade. É  diretora executiva  da HUB-C Economia de Materiais & Inteligência em Sustentabilidade e colunista do Blog Empreendedorismo Rosa – http://www.deborahmunhoz.wordpress.com http://www.hubc.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s